EXPERIMENTOS TEATRAIS

Faça da sua vida uma obra de arte!

Nessa oficina, os participantes são convidados a uma vivência, através de práticas teatrais, na qual as características pessoais são o ponto de partida para a exploração  das infinitas possibilidades do corpo e da voz e da conscientização de que somos seres criativos por excelência.  A atividade pretende contribuir para que o aluno perceba, amplie e aprimore suas inúmeras capacidades expressivas e consequentemente vislumbre novas perspectivas para sua vida: com mais confiança, atitude, entusiasmo, determinação e aceitação consigo e com os outros.

 

LIMITE DE VAGAS: 25 alunos

 

CARGA HORÁRIA:  A oficina poderá ser realizada em diferentes formatos, dependendo do interesse do contratante.

 

PÚBLICO ALVO: Estudantes, bailarinos, atores e público em geral – a idade deverá ser estabelecida em comum acordo, pois a oficina poderá ser adaptada para todas as idades.

 

ATIVIDADES:

– Sensibilização e conscientização corporal e vocal;

– Percepção espacial, relação corpo / espaço;

– Foco – a importância do olhar;

– Reconhecimento e integração com a equipe;

– O jogo e a comunicação;

– Interação ator-espectador;

– Ritmo e intensidade;

– Improvisação;

– Observação, apreciação e roda de conversa.

 

OBJETIVOS:

– O bom humor como elemento fundamental para saúde e relacionamentos;

– A prática teatral como veículo de desenvolvimento pessoal e social;

– Reconhecimento dos padrões comportamentais e da performance corporal e vocal como importante ferramenta de comunicação na vida e dentro do espaço de trabalho;

– Ampliação e aperfeiçoamento das possibilidades de expressão;

– O prazer do movimento criativo;

– Reconhecimento e exploração do espaço;

– Observação e reconhecimento  dos espaços individuais e das relações interpessoais;

– Valorização da experiência pessoal como oportunidade de troca e cooperação.

Orientação: Os participantes devem vestir roupas confortáveis e sapatos baixos ou pés descalços; levar uma bola de tênis.

 

MINISTRANTE: Deborah Finocchiaro

Deborah Finocchiaro estreou no teatro em 1985. Bacharel em Interpretação Teatral na Faculdade de Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, já participou de centenas de trabalhos como atriz no teatro, cinema e televisão, como diretora, produtora e ministrante. Ao longo de sua carreira, recebeu 32 prêmios, entre eles 9 de Melhor Espetáculo, 17 de Melhor Atriz, 1 de Melhor Direção, 1 de Melhor Texto Adaptado, 1 de Melhor Roteiro e 3 como Melhor Artista de Teatro. Em 2006 criou a Companhia de Solos & Bem Acompanhados, que atualmente tem em seu repertório os espetáculos “Pois é Vizinha…” (1993), “Sobre Anjos & Grilos – O Universo de Mario Quintana” (2006), “GPS GAZA” (2014), “Caio do Céu” (2017) e as peças curtas “Erico de Bolso” (2013) e “Histórias de Um Canto do Mundo Chamado Sul” (2008). Seus mais recentes projetos são “Palavra de Bolso – Onde a Literatura ganha Voz” e “Sarau Voador – Literatura e Improvisos Transcriados”, que agrega artistas de diferentes áreas para unir a literatura a outras expressões artísticas.

 

Em 2014 foi a artista homenageada do 21º Festival Internacional de Teatro Porto Alegre Em Cena, ganhando a biografia “A Arte Transformadora”, escrita pelo jornalista Luiz Gonzaga Lopes, que integra o 5º volume da coleção Gaúchos Em Cena.

 

Desde 2009 assina a coluna de teatro na Rádio Band News FM Porto Alegre – 99,3.